BLOG

UM LUGAR ESPECIAL PARA INSPIRÁ-LO COM BELOS CENÁRIOS, CURIOSIDADES, EXPERIÊNCIAS DOS VIAJANTES, ALÉM DE DICAS E TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA COMPARTILHADAS PELOS RENOMADOS FOTÓGRAFOS DO NOSSO TIME.

Trekking no Himalaia: Cultura, montanhas e fotografia

himalaia trekking

20 set 2018 | Por Redação

A cadeia montanhosa do Himalaia é conhecida por abrigar as maiores montanhas no mundo. O destino Himalaia abrange cinco países diferentes: Nepal, Butão, China, Índia e Paquistão. Diante de toda a cadeia de montanhas são encontrados cerca de 110 picos que ultrapassam os 7.300m de altura, entre eles o mais procurado e mais famoso Monte Everest.

Entretanto, o Himalaia não se resume somente aos picos congelados, a região também oferece uma rica cultura e a peculiaridade de costumes é impressionante.

A curiosa cultura do Himalaia

Cenários e contrastes fascinantes dão vida a experiências engrandecedoras no continente asiático. As cidades pequenas e silenciosas oferecem paisagens belíssimas com uma preservação da natureza e costumes sem igual. Conheça algumas das mais interessantes culturas do Himalaia:

A longevidade dos Hunza: No extremo norte da Índia, por exemplo, é possível encontrar um feliz e saudável povoado conhecido como Hunza. Com cerca de 30 mil habitantes, os habitantes possuem um dialeto próprio e são conhecidos por suas vida duradouras. A alimentação do povo Hunza é o grande segredo e objeto de estudiosos que buscam a longevidade da vida. Cereais, frutas e verduras cultivados de forma 100% orgânica garantem uma vida plena e feliz.

Nas alturas com os Nagarkots: Já o Nepal abriga a população de Nagarkot, uma aldeia com vista privilegiada para o Everest e que vive próximo às nuvens, com 2,2 mil metros de altitude. Por lá, estima-se que existam apenas 3,5 mil habitantes, que vivem basicamente do gado e agricultura. A região, apesar de afastada, fica a apenas 32km de Katmandu, maior cidade no Nepal.

Os corajosos Xerpas: No Nepal também encontramos o peculiar povo Xerpa. A etnia vive e abriga as principais regiões montanhosas do território Nepalês e, possuem uma grande proximidade com o povo Tibetano. Os Xerpas possuem um grande valor cultural e histórico, principalmente em apoio aos alpinistas. Membros do povoado serviram como guia e carregadores das primeiras expedições na região do Himalaia, atividade que continuam a desempenhar até os dias de hoje.

Descobrindo as aventuras de trekking no Himalaia

A região do Himalaia é palco de grandes aventuras em suas inúmeras montanhas e picos nevados. O território recebe centenas de alpinistas durante todos os anos em busca de desafiadoras escaladas.

O trekking no Himalaia é basicamente dividido em dois grandes destinos: Everest e Annapurna. Por isso, na publicação de hoje vamos explorar um pouco mais as características dos dois circuitos:

Campo base do Everest

No Nepal, o Campo base do Everest é desejo de qualquer entusiasta do montanhismo ou turismo de aventura. Localizado a mais de 5.000 metros acima do nível do mar, é de lá que partem os corajosos alpinistas para o grande desafio de suas vidas, atingir o cume da maior montanha do mundo. As grandes geleiras que chegam a mais de 15 metros de altura chamam a atenção durante boa parte do percurso, que necessita também de alguns dias de aclimatização para os viajantes, devido a altitude.

Campo base de Annapurna

Annapurna atualmente é a décima montanha mais alta do planeta e tem em seu histórico a honra de ter sido a primeira montanha acima de 8.000 metros a ser escalada. O trekking em Annapurna é uma verdadeira experiência enriquecedora, passando por paisagens geladas, florestas e vilarejos. A vista privilegiada do campo base é um dos principais pontos e principais atrativos para os alpinistas.

Vale lembrar que o trekking no Himalaia possui uma estrutura bastante desenvolvida e conta com trilhas em boas condições, bem sinalizadas, infraestrutura para turismo e vilarejos que servem de apoio.

Além dos dois destinos que citamos acima, o Himalaia ainda possui uma grande variedade de picos e montanhas, dá uma olhada:

Principais picos do Himalaia

• Everest 8.848 m – a montanha mais alta da Terra
• K2 8.611 m de altitude
• Kangchenjunga 8.586 m de altitude
• Lhotse 8.501 m de altitude
• Makalu 8.462 m de altitude
• Cho Oyu 8.201 m de altitude
• Dhaulagiri 8.167 m de altitude
• Manaslu 8.163 m de altitude
• Nanga Parbat 8.126 m de altitude
• Annapurna, com 8.091 m de altitude

Fotografia de paisagens no Himalaia

Se o território favorece o Trekking no Himalaia, a região montanhosa também apresenta condições incríveis para a prática fotográfica e não fica restrita às paisagens de gelo. Partindo de Katmandu para explorar todo o potencial do lugar, deparamo-nos com uma cidade agitada, ruas, mercados e templos sempre repletos de viajantes de diversas partes do mundo e de nepaleses em seus trajes multicoloridos. Toda essa atmosfera é propícia para que seja possível entrar no clima e capturar boas imagens, sejam retratos ou da própria rotina dos moradores.

Aqui na OneLapse, nossas expedições para o Himalaia são desenhadas cuidadosamente para oferecer uma experiência única de imersão na cultura local e com foco total em fotografia.

Nosso roteiro exclusivo promete muitas surpresas para o grupo que viaja conosco. A possibilidade de fotografar etnias locais, antigos monastérios e caminhar praticamente o tempo todo ao lado das montanhas mais altas do mundo é um grande privilégio. Durante o trekking no Himalaia, é possível também observar a mudança da paisagem.

No início da trajetória aos grandes picos, a trilha é feita em meio às paisagens verdes, onde poderemos encontrar grandes florestas de pinheiros. O cenário se transforma como se fosse mágica de acordo com a altitude e não demora para perceber-mos um panorama mais árido, chegando ao ambiente pedregoso. Por fim, chegará o momento de encararmos muito gelo. Em todos esses cenários nossos viajantes são encorajados para encontrar boas oportunidades de fotografia no Himalaia, seja registrando o nascer ou pôr do sol, paisagens durante o dia ou mesmo à noite.

Além disso, um fotógrafo da nossa equipe estará disponível para orientar todos os membros do grupo, com dicas e técnicas de fotografia.

Galeria de fotos do Himalaia

Redação

Autor:

Redação

O QUE ACHOU? DEIXE SEU COMENTÁRIO: