BLOG

UM LUGAR ESPECIAL PARA INSPIRÁ-LO COM BELOS CENÁRIOS, CURIOSIDADES, EXPERIÊNCIAS DOS VIAJANTES, ALÉM DE DICAS E TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA COMPARTILHADAS PELOS RENOMADOS FOTÓGRAFOS DO NOSSO TIME.

Mongólia: deserto, águias e dicas de fotografia

10 maio 2019 | Por Redação

Já pensou em viajar para a Mongólia? Certamente este destino não é o primeiro da sua lista, mas hoje vamos provar que a região é mais surpreendente do que você imagina. Conhecer o majestoso Deserto de Gobi e apreciar de perto o Festival das Águias são alguns dos motivos que te farão incluir o país em suas próximas expedições. Ficou curioso? Então continue acompanhando o post. Vamos lá?

Por que viajar para a Mongólia?

Ainda não descoberta pelo turismo em massa, a Mongólia abriga atrações turísticas surpreendentes. De um lado podemos descansar os olhos em uma tranquila repetição de dunas arenosas no deserto de Gobi, enquanto do outro encontramos um cenário moderno repleto de prédios dos mais variados formatos e tamanhos.

mongolia-contrastes

A Mongólia é um lugar onde a modernidade convive em um incrível misto com a natureza, proporcionando uma imersão profunda nas diferentes realidades do país. O encontro dos feitos humanos com as obras naturais transmite diferentes percepções em quem tem a oportunidade de vivenciar esta experiência.

mongolia

Além dos cenários diferenciados que a região pode nos proporcionar, existem algumas curiosidades da Mongólia que todo viajante deveria saber antes de embarcar. Acompanhe.

Curiosidades da Mongólia

Assim como qualquer outro destino, esta região possui suas peculiaridades que nem todos conhecem. Trouxemos hoje algumas curiosidades da Mongólia que você precisa saber e que certamente te ajudarão a conhecer um pouco mais sobre o país. Confira.

Maior deserto da Ásia

O deserto de Gobi, famoso ponto turístico da Mongólia, é o maior deserto do continente asiático. Quando falamos de “desertos quentes”, o Gobi fica atrás apenas do deserto do Saara e da Arábia no quesito extensão, com seus 1.125.000 km². Os gigantescos montes de areia são dignos de serem registrados, além do padrão de linhas cuidadosamente desenhado pelo vento.

mongolia-deserto

Caça com Águias

É isso mesmo que você leu, na Mongólia é comum usar a visão e habilidade das águias para caçar. Este é um dos motivos pelos quais você deve conhecer o país: O Festival das Águias Douradas. Logo pela manhã, ainda com o sol baixo, os caçadores desfilam com águias nos braços em uma bela apresentação, e em seguida começam as provas da premiação.

mongolia-aguias

Animais selvagens

Além das majestosas águias de caça, a Mongólia abriga outras espécies de animais, inclusive ameaçados de extinção, como o leopardo-das-neves e o tahki, última espécie de cavalos selvagens existente.

O leopardo-das-neves costuma habitar as montanhas na Mongólia, e foi o responsável pela declaração das montanhas Tost como reserva natural protegida. Enquanto isso acreditava-se que o tahki havia sido extinto, até que um criadouro doou 19 animais para uma reserva no país.

mongolia-animais

Capital mais fria do mundo

Para quem gosta de frio, Ulaanbaatar, capital da Mongólia, é a capital de temperaturas mais baixas do mundo. Com temperatura média de -1,3 ºC, a cidade é famosa pelo clima. Além dela, existem diversas outras regiões do país com frio intenso e que atraem turistas do mundo todo.

mongolia-frio

Dicas de fotografia na Mongólia

Como toda expedição fotográfica de respeito, a Mongólia possui suas peculiaridades dignas de serem registradas. Em especial, o misto de modernidade e natureza proporcionam incríveis perspectivas para quem procura oportunidades fotográficas na região.

Trouxemos neste post algumas dicas de fotografia que irão te ajudar a registrar a Mongólia em suas mais variadas faces. Confira.

Céu limpo

A maioria dos dias na Mongólia esbanjam um céu azul com pouca interferência de nuvens. Isso faz com que a luz solar seja intensa, pedindo mais atenção de quem decide fotografar a região. A primeira das nossas dicas de fotografia na Mongólia é optar pelos horários onde o sol não esteja muito alto, pois a iluminação se torna mais difusa e as sombras laterais ajudam a compor a imagem.

mongolia-ceu

É preciso tomar cuidado com o sol alto, pois algumas fotos da Mongólia podem estourar ou projetar sombras indesejadas. Por outro lado, o céu azul pode ser uma moldura e tanto para registros de paisagens por exemplo.

Foque nos contrastes

Não estamos falando apenas de contraste na imagem, mas sim na composição fotográfica. Esta é umas das dicas de fotografia que pode ser aplicada em qualquer destino. O misto entre modernidade e natureza, urbano e campestre, é um ponto que não pode deixar de ser registrado nas fotos da Mongólia.

mongolia-cidade

Mesmo que em imagens diferentes, é importante focar na variedade de cenários que um mesmo lugar pode oferecer. Tanto o deserto de Gobi quanto o trânsito caótico das cidades nos oferecem oportunidades únicas de treinar o olhar fotográfico. A Mongólia é o lugar perfeito para explorar as mais variadas perspectivas.

Os povos

Mais uma das dicas de fotografia que servem para qualquer viagem. A população local também deve fazer parte da composição da imagem. Apesar das paisagens e monumentos parecerem mais atrativos, nada mais regional do que os povos que vivem no local.

mongolia-povos

É interessante registrar nas fotos da Mongólia as pessoas no seu dia a dia, realizando suas atividades habituais, ou mesmo seus costumes. Não há nada que represente melhor a cultura de uma região do que a própria população imersa nela.

Gostou do post? Continue acompanhando o blog para mais dicas de fotografia e de viagens.

Redação

Autor:

Redação

O QUE ACHOU? DEIXE SEU COMENTÁRIO: