BLOG

UM LUGAR ESPECIAL PARA INSPIRÁ-LO COM BELOS CENÁRIOS, CURIOSIDADES, EXPERIÊNCIAS DOS VIAJANTES, ALÉM DE DICAS E TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA COMPARTILHADAS PELOS RENOMADOS FOTÓGRAFOS DO NOSSO TIME.

Lençóis maranhenses: quando ir e o que fazer

Lencois-Maranhenses-quando-ir-01

26 set 2019 | Por Cristiano Xavier

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é uma reserva natural localizada no Nordeste do país, no estado do Maranhão. Os Lençóis Maranhenses despertam paixões em turistas, fotógrafos, aventureiros e qualquer um que ouse pisar os pés nas areias mais brancas do Brasil. A região, famosa por sua geografia única, apresenta gigantes lençóis brancos que cobrem montanhas que parecem infinitas. A curiosidade é imensa, mas nem todos sabem os detalhes de uma viagem para conhecer os Lençóis Maranhenses, quando ir e tudo o que existe para fazer em um local tão mágico. 

Se você gosta de destinos inusitados, mas ainda não cogitou a ideia de ir visitar um dos locais mais incríveis da Terra, é bom repensar seus sonhos de viagem. Neste post, nós vamos mostrar para você as melhores épocas, o que fazer no local e como garantir uma viagem completa e inesquecível. Continue a leitura e apaixone-se! 

Lençóis Maranhenses: quando ir e desembarcar no paraíso

Em qualquer viagem que se pretenda fazer é preciso ficar atento à previsão meteorológica. Para conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, isso não é diferente. O local exige que os visitantes fiquem espertos com relação à temporada de chuvas, quando as lagoas se enchem e o chão de areia ganha contornos dignos de uma pintura sobre tela.

Lencois-Maranhenses-quando-ir

Estas piscinas, que existem aos milhares, aparecem em meio às gigantes dunas entre os meses de janeiro a junho. A partir da segunda metade do ano, então, as lagoas começam a diminuir de profundidade, fazendo com que agosto e setembro sejam perfeitos para grandes mergulhos nas lagoas. É hora de colocar as câmeras para funcionar e registrar a natureza em seu estado pleno e intocado.

A luz do sol também contribui muito nessa época e é possível viver um verão fora de época. O melhor de tudo é que o cenário faz toda a diferença. A vontade é nunca, jamais retornar para qualquer local que seja minimamente nublado.

A partir do início de outubro é quando as lagoas começam a secar e ficam bastante vazias, fazendo com que o local perca um pouco dos seus atrativos. Nessa época e até janeiro, somente as lagoas perenes apresentam bastante água, mas elas são bem raras. 

Lencois-Maranhenses-quando-ir-01Aqui na OneLapse a nossa equipe opta por viajar em agosto e setembro, época em que os areais ficam entrecortados por lagoas azuis e verdes transparentes, formando um ecossistema sem igual no planeta.

Além disso, é quando é indicado contemplar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses de forma completa, sem chuvas e com luzes incríveis para os mais magníficos registros fotográficos. Nessa viagem, aliás, o grupo de turistas conta com todo o apoio do fotógrafo Cristiano Xavier, profissional com 20 anos de experiência.

As experiências possíveis nos Lençóis Maranhenses

A maioria das pessoas que têm como destino esse paraíso maranhense sonha em contemplar os montes de areia, que chegam a alcançar 40 metros de altura. Nessa hora, gostamos de montar os tripés para a luz mais bonita, especialmente ao fim do dia, com o pôr do sol. Ainda assim, embora o parque seja esplêndido, o ideal é conhecer a região por completo. Veja nossas dicas.

Passeie pelo Centro Histórico de São Luís

Esqueça o calor e faça esse passeio como ele deve ser feito: a pé. São mais de mil imóveis tombados pela Unesco como Patrimônio da Humanidade, o que deixa a região mais charmosa e fotogênica. 

Conheça a Casa do Maranhão, espaço cultural com exposições permanentes e eventos culturais sobre folclore, histórias e tradições que construíram toda a identidade maranhense. 

A Casa do Nhozinho é outra dica apaixonante, que reúne artesanato local, peças indígenas, objetos para pesca e carros de boi. Você ainda encontra, é claro, um espaço inteiro dedicado ao artesão Antônio Bruno Pinto Nogueira, que dá nome ao local. 

Conheça o Rio Preguiças

Outra dica imperdível é tomar banho no Rio Preguiças, localizado na região de Barreirinhas. O passeio é perfeito para amenizar o calor do local e apreciar as belezas naturais. Lá, é possível observar mangues e vegetação típica, sendo também um ótimo local para colocar em prática suas habilidades de fotógrafo.

Se tiver a oportunidade, faça um passeio de lancha pelo rio. A velocidade e o balanço da água podem fazer do programa um momento de bastante adrenalina. Se tiver sorte, você ainda consegue avistar animais, como macacos e aves exóticas.

Lencois-Maranhenses-quando-ir-02

Visite o vilarejo de Vassouras

Se você acredita que uma viagem não é nada se não houver imersão no modo de vida local, não deixe de andar pelo vilarejo de Vassouras. O local é repleto de pequenos lençóis e casinhas de moradores nativos. 

Vassouras é cheia de encantos e promete render muitos bytes de fotografias, favorecidas pela incrível luz natural. Difícil vai ser escolher os melhores registros do passeio. 

Registre o nascer do sol no Canto de Atins

O Canto de Atins é a região que abriga a Lagoa Verde, conhecida por ser a única lagoa da região que não seca, mesmo nas maiores secas. O acesso, por si só, já é incrível e acontece por meio de veículo 4×4 e uma pequena caminhada pelas dunas.

A recompensa pelo cansaço logo vem, quando é possível testemunhar uma das mais belas paisagens do mundo, repleta de pequenas lagoas de águas esverdeadas. Não se esqueça de aproveitar e se refrescar um pouco nas águas transparentes e quentinhas. Depois, almoce em um restaurante tradicional. 

São Luís do Maranhão foi presenteado com uma região preservada e que ainda mantém suas características do início da sua história. Viajar para lá é a oportunidade de sair de perto da cinza selva de pedras e contemplar o que é, de fato, a essência de uma vida em meio à natureza. Comece a planejar sua viagem e se dê de presente momentos únicos.

O que você achou das nossas dicas sobre os Lençóis Maranhenses, quando ir e quais os melhores passeios pela região? Tem alguma sugestão para os nossos leitores? Pretende fazer essa viagem? Deixe seu comentário e compartilhe suas impressões com a gente!

Cristiano Xavier

Autor:

Cristiano Xavier

Mineiro de Belo Horizonte, Cristiano Xavier é fotógrafo com grande experiência em fotografia de natureza, paisagens e fotografia noturna. É sócio da OneLapse, sócio da OneLapse e coordena a maior parte das expedições da empresa.

O QUE ACHOU? DEIXE SEU COMENTÁRIO: