Ilhas Lofoten | Paisagens do Ártico

10 FEV - 17 FEV 2020


ESGOTADO

UM DOS MAIS BELOS ARQUIPÉLAGOS DO MUNDO, SEGUNDO A NATIONAL GEOGRAPHIC

Que tal embarcar numa experiência visual de tirar o fôlego? Assim eu me vi quando visitei o arquipélago de Lofoten pela primeira vez. Lofoten é um highlight bastante singular da beleza da Noruega e é, provavelmente, um dos lugares mais estonteantes do mundo, sendo recortada por fiordes profundos com montanhas majestosas e negras, proporcionando cenários exóticos.

Suas principais ilhas são Austvågøy, Vestvågøy, Moskenesøy e Flakstadøy, que se juntam a centenas de outras ilhas menores, muitas delas inabitadas. Túneis e pontes conectam as ilhas entre si. Alguns túneis são bem longos e a paisagem revelada na saída é quase sempre uma surpresa maravilhosa. Por ser tão bela, Lofoten tem inspirado diversos artistas. Na literatura, por exemplo, Edgar Allan Poe cita o arquipélago em “A Descent into the Maelström”, assim como Julio Verne em “20.000 léguas submarinas”.

Lofoten possui uma cultura pesqueira forte, que é presente por onde passamos. É de lá que saem os melhores bacalhaus noruegueses. Durante o período da nossa expedição, podemos fotografá-los estirados ao céu para secarem, formando uma paisagem peculiar que talvez não será vista em nenhum outro lugar.

São diversas vilas e pequenas cidades espalhadas em seus 1.227 km² de área. As principais são Leknes e Svolvær (a maior delas), as únicas que possuem aeroporto, mas Reine é sem dúvida uma das mais belas. E é exatamente Reine que escolhemos para ser a nossa primeira base durante a viagem. Para entrar no clima local, ficaremos hospedados nas antigas casas dos pescadores noruegueses, que foram adaptadas para receber os visitantes preservando a atmosfera local. As cabines vermelhas já são mundialmente conhecidas por fazerem parte dos cartões postais do arquipélago, proporcionando lindas imagens a poucos passos do nosso quarto.

As condições de luz são um grande atrativo para fotografia, pois a latitude de Lofoten propicia um sol bem baixo no horizonte, além de cores incríveis no nascer e por do sol. Em fevereiro, a Aurora Boreal é visível no hemisfério norte e contando com as condições adequadas, poderemos contemplar e fotografar este espetáculo noturno refletindo na areia molhada de uma praia ou cruzando atrás do topo das montanhas.

A região também apresenta uma forte conexão com o passado histórico dos Vikings e sua gastronomia típica é excelente. Não podemos deixar de degustar o tradicional bacalhau fresco da Noruega e suas partes mais nobres (a língua e as bochechas). Enfim, nada que eu possa falar vai sintetizar a experiência de estar presente neste lugar único, que faz Lofoten colecionar diversos motivos para estar na lista de lugares para visitar ao menos uma vez na vida.

Cristiano Xavier

 

Clique aqui e confira a Galeria completa de fotos

CONFIRA OS VALORES E CONDIÇÕES

Cristiano Xavier

Fine Nature Photography

É fotógrafo há 20 anos. Em 2003 muda-se para os EUA onde busca referências e bebe na fonte de Ansel Adams, Art Wolfe e Galen Rowell. Desenvolve e se destaca pela ampla pesquisa em fotografia noturna e light painting usando a tecnologia digital e analógica, onde tem como objeto principal as árvores. Viaja para diversos países na busca de espécimes isolados e raros. “Meu desejo, ao mostrar algo que pouco se vê, é sensibilizar as pessoas para esta beleza”.

Premiado no Brasil e no exterior, com destaque para o primeiro lugar no concurso mundial International Landscape Photographer of the Year 2017 – Abstract Aerial Award e a melhor colocação de um brasileiro no Epson Pano Awards 2017 – Nature/Landscape. Participou de nove exposições individuais e duas coletivas com destaque para a mostraThe Low Light Trees – 2012, A Luz do Silêncio – 2012 e Visões da Alma – 2014.

Em 2018, lançou seu primeiro livro, MAGNA, pela Vento Leste editora, uma coletânea de imagens da natureza em seu estado mais puro. O livro ganha no mesmo ano o primeiro lugar na categoria livro de arte, no Prêmio Fernando Pini, o mais conceituado em excelência gráfica da América Latina.

 “Na natureza, a arte está na contemplação. Momento silencioso em que não há separação entre minha alma e a da própria Terra. Estamos em conexão absoluta. A imagem me é oferecida como um presente, assim eu sinto, tal qual uma recompensa.”

A partir de 2013, como um dos sócios fundadores da OneLapse, também passou a viajar ao redor do mundo liderando grupos de entusiastas da fotografia. Para ele, estas viagens são oportunidades únicas para a interação de vários olhares ao mesmo tempo e para que haja uma intensa e rica troca de experiências entre os participantes. Afinal, todos estão juntos respirando fotografia 24 horas por dia.

Segundo Xavier, estas viagens são essenciais para quem deseja fazer uma imersão na arte de fotografar. Para isso, basta estar aberto a novas experiências e entrar no clima da expedição. Tudo isso, segundo ele, é fundamental para que os resultados das fotos sejam cada vez melhores, como mostra suas imagens captadas em vários destinos, como Mongólia, Ilhas Lofoten, Irã, Namíbia, Yukon , Butão, Dolomitas, Patagônia, Indonésia, Cuba e a caça aos tornados nos EUA.

Clique aqui e saiba mais sobre o Fotógrafo.

DIA A DIA

LEGENDA

  Café da manhã incluído
  Almoço incluído
  Jantar incluído

DIA 1 | LEKNES

Chegada ao aeroporto de Leknes e traslado ao hotel para check-in. Mais tarde, encontraremos com o fotógrafo Cristiano Xavier para um briefing detalhado sobre o dia a dia da nossa expedição. Leknes é uma das poucas cidades em Lofoten que não depende da pesca e é um ponto estratégico para a nossa logística tanto ao norte quanto ao sul de Lofoten, economizando tempo de deslocamento até as locações selecionadas a cada dia. A cidadezinha de 3.500 habitantes também conta com alguns bons restaurantes para saborearmos a gastronomia local. o ambiente natural está entre os mais impressionantes da Noruega, com montanhas, picos, falésias e praias de areia branca.

DIAS 2, 3 | LEKNES E REGIÃO

Dias dedicados a explorarmos principalmente a região norte do arquipélago. Lofoten é mágico não só por suas paisagens cinematográficas, mas também por ser um excelente destino para fotografar. Como o arquipélago está situado em uma latitude muito alta, dentro do Círculo Polar Ártico, a luz é boa na maior parte do dia, pois o sol está sempre baixo no horizonte, o que permite explorar fotograficamente o ambiente de várias maneiras. Mas, às vezes, o tempo fecha rapidamente e, depois, abre de repente. Por isso, é preciso ficar atentos e preparados para aproveitar aquele facho de luz único, capaz de revelar, por poucos segundos, toda a beleza de um dos lugares mais admiráveis do mundo. As diversas praias do norte com suas paisagens congeladas, especialmente ao nascer do dia, rendem imagens magníficas. A textura do gelo com os fiordes ao fundo será sempre uma opção. Não podemos deixar de visitar Henningsvær, outra autêntica vila de pescadores nórdicos. O nascer do sol do inverno ilumina as casas e as montanhas ao fundo, oferecendo diferentes alternativas de enquadramento. A noite, estaremos sempre atentos às chances de observação e registro da Aurora Boreal.

DIA 4 | LEKNES – REINE

Pela manhã, check-out e saída por uma longa rota panorâmica em direção a região de Reine, ao sul do arquipélago, passando por uma antiga estrada perto dos fiordes. Em dias frios, quando a água nos fiordes congela, o gelo quebra as pedras durante a maré baixa, formando estruturas surpreendentes conhecidas como “flores de gelo”. Se as condições estiverem adequadas, será mais uma excelente oportunidade para algumas paradas estratégicas. Ficaremos hospedados em Reine pelos próximos dias. Com cabanas de pescadores vermelhas, brancas e amarelas pontilhando a costa, além dos seus famosos picos circundantes de granito sempre presentes na paisagem, a vila ganhou a reputação de “o lugar mais lindo do mundo”. Nossa base serão as charmosas cabines vermelhas, conhecidas como “rorbuers”, presentes nos principais cartões postais da região. No fim da tarde, podemos registrar imagens clássicas do destino desde o mirante de Hamnøy, que a cada dia proporciona diferentes condições de luz.

DIAS 5, 6 | REINE E REGIÃO

Dias dedicados especialmente à região sul do arquipélago de Lofoten. Quando o assunto são as paisagens naturais, fica difícil superar Reine. Traçaremos nossa programação de acordo com a luz e a previsão do tempo. O clima instável da região demanda decisões de curto prazo, mas em contrapartida produz espetáculos de luz muito interessantes. A cultura pesqueira é uma das grandes atrações de Lofoten com suas vilas de pescadores pitorescas, como a pequena Å, uma espécie de Veneza nórdica, com várias casinhas vermelhas sobre o fiorde formando um cenário especialmente bonito sob a neve. Fotografar as paisagens na chamada “hora azul” estará sempre em nossos planos. As pequenas vilas preservam a arquitetura e os costumes pesqueiros, e são excelentes cenários para uma caminhada em busca de belas composições e da luz perfeita. Durante as noites, podemos nos reunir para degustar a gastronomia local e conversar sobre as fotos do dia. Se a previsão da Aurora Boreal for favorável, sairemos para fotografá-la dançando por trás das montanhas ou refletindo na areia molhada de algumas de suas praias. Aproveitaremos a localização privilegiada de Lofoten para a observação do fenômeno, a 100km ao norte do Círculo Polar Ártico.

DIA 7 | REINE – LEKNES

Hoje poderemos aproveitar mais uma manhã de fotos pela região com um passeio opcional em bote motorizado pelos fiordes. O fotógrafo reservará alguns períodos durante a viagem para aqueles que desejarem avaliar o material produzido, com dias sobre edição e tratamento das imagens. A tarde, retornaremos para uma pernoite em Leknes, facilitando o nosso embarque no sia seguinte.

DIA 8 | LEKNES – EMBARQUE

Após o café da manhã, tempo livre até a nossa saída para o aeroporto de Leknes, de onde nos despediremos com ótimas recordações.

FIM DOS SERVIÇOS

GALERIA DE FOTOS

Fotos: Cristiano Xavier / Divulgação. Todos os direitos reservados.

MAIS INFORMAÇÕES

   HOSPEDAGEM

LEKNES: Hotel Scandic Lofoten
REINE: Eliassen Rorbuer

INCLUI

  • 07 noites de hospedagem;
  • Café da manhã em Leknes;
  • Traslados de chegada e saída privativos ao grupo nos horários de voos sugeridos pela OneLapse no momento da confirmação do grupo;
  • Transporte privativo ao grupo para todas as locações mencionadas no roteiro;
  • Acompanhamento do fotógrafo Cristiano Xavier durante todas as saídas, instruções em cada locação conforme objetivos dos participantes e orientações sobre tratamento e edição de imagens em horários a definir;
  • Acompanhamento de coordenador operacional brasileiro para grupo a partir de 8 inscritos;
  • Seguro viagem April – Plano Max 60 Mundo.

NÃO INCLUI

  • Passagens aéreas e taxas de embarque;
  • Traslados de chegada e saída fora dos horários de voos sugeridos ao grupo;
  • Qualquer passeio descrito como opcional;
  • Early check-in e Late check-out;
  • Equipamento de fotografia;
  • Bebidas e refeições não mencionadas no roteiro;
  • Despesas pessoais e gorjetas.

OBSERVAÇÕES

  • Esta viagem é destinada a todos os entusiastas da fotografia, de iniciantes a profissionais, não havendo pré-requisito para inscrição, como nível de conhecimento ou equipamento fotográfico. As orientações do fotógrafo serão feitas de acordo com o objetivo de cada participante;
  • Os preços estão em dólares americanos (US$) e por pessoa. A conversão para o Real levará em consideração o câmbio turismo no dia do pagamento, conforme cotação do Valor Econômico;
  • A hospedagem em Reine será em tradicionais cabines de pescadores reformadas e adaptadas para receber turistas. Cada cabine possui 2 quartos privativos, 1 banheiro compartilhado, além de cozinha e sala de estar também compartilhados. Os participantes que optarem pelo quarto individual devem considerar suite privativa em Leknes e quarto privativo com banheiro, sala e cozinha compartilhados em Reine. Os que optarem pela cabine privativa devem considerar suite privativa em Leknes e a cabine completa privativa em Reine (quarto, banheiro, sala e cozinha);
  • O descritivo do roteiro é uma ideia das atividades que buscaremos fazer durante a expedição e que podem ser alteradas de acordo com as condições climáticas, recomendações do fotógrafo responsável ou motivos de força maior.

EQUIPAMENTOS RECOMENDADOS

  • Câmera fotográfica
  • Cartões de memória
  • Lentes de 17mm a 400mm
  • Tripé
  • Cabo disparador

* Em caso de dúvidas, clique aqui e veja nosso FAQ.

QUER SE INSCREVER OU TEM DÚVIDAS?

PARTE TERRESTRE – VALORES POR PESSOA

POR PESSOA EM ACOMODAÇÃO DUPLA:

US$ 3.590,00*

DESCONTO AOS 06 (SEIS) PRIMEIROS INSCRITOS: R$ 700,00

SUPLEMENTO VOLUNTÁRIO PARA QUARTO INDIVIDUAL: US$ 550,00*

SUPLEMENTO VOLUNTÁRIO PARA CABINE INDIVIDUAL: US$ 750,00

SINAL EM DEPÓSITO NO MOMENTO DA INSCRIÇÃO: R$ 2.500,00

FORMAS DE PAGAMENTO:
  • À vista em depósito/boleto com 5% de desconto
  • 30% de entrada + Saldo em até 4x sem juros no cartão de crédito Visa/Master

 

* Caso o grupo seja fechado e não haja um participante para dividir o quarto duplo, deverá ser pago um suplemento involuntário no valor de US$275,00. Este valor deverá ser pago a vista 72h antes do início dos serviços.
** Esta viagem exige um número mínimo de 10 participantes para que o grupo seja confirmado. No momento da inscrição, deverá ser pago um sinal como garantia de inscrição no valor de R$2.500,00 por pessoa, sendo que este sinal não é reembolsável em caso de desistência da viagem e não pode ser utilizado como crédito para outro destino. A confirmação ou não da saída será feita no dia 15/12/2019 ou antes, caso já tenhamos atingido o número mínimo de participantes. Confirmando o grupo, o valor será abatido da entrada e caso o mesmo não seja confirmado, o valor será integralmente devolvido.

Voos internacionais

Chegada ao aeroporto de Leknes (LKN) no dia 10 de fevereiro. Embarque de retorno ao Brasil a partir do mesmo aeroporto no dia 17 de fevereiro. Consulte-nos para cotação e reserva das passagens aéreas.