Lapônia | Paisagens do Ártico & Aurora Boreal

16 JAN - 24 JAN 2019


ESGOTADO

Paisagens do Ártico e a aventura de caçar a aurora boreal no extremo norte do continente europeu

O Cabo Norte, uma impressionante falésia de trezentos metros batida pelas águas geladas do mar de Barents marca o extremo setentrional do continente europeu, na ampla região conhecida como Lapônia. Por essas terras de paisagens singulares  começaremos a nossa incursão em busca de algumas das paisagens geladas mais impressionantes do mundo: a floresta boreal, as montanhas e fiordes, as pitorescas vilas de pescadores e sobretudo as noites iluminadas pelas luzes da aurora boreal.

Os cenários naturais são inspiradores, em especial durante o inverno. Cercado por uma densa floresta de pinheiros cobertos de neve da Finlândia, e os imponentes fiordes da Noruega, a beleza da região é encontrada nas árvores, montanhas, lagos, praias e mares congelados e nas incríveis texturas das placas de gelo. Boa parte da cultura local, sobretudo da grande tradição pesqueira da região, se faz presente nas pequenas casas coloridas encontradas nas montanhas e nos pequenos portos e vilarejos à beira-mar. É bom lembrar que, durante séculos, a pesca foi a base para a presença humana na região e, mesmo nos dias de hoje, é possível encontrar essas vilas no litoral norueguês.

Nossa viagem, estudada para proporcionar uma experiência intimista de observação da aurora boreal, evita lugares com grande fluxo de turistas. Optamos por locais menos conhecidos, como a região de Hetta e a pequena cidade de Honningsvåg, povoados pouco visitados no inverno e que proporcionam grandes oportunidades não apenas para observar e fotografar as luzes do norte, mas também a paisagem do Ártico.

É importante salientar que teremos a bordo, durante todos os dias, a companhia do especialista em caçadas à aurora boreal Marco Brotto, que reúne o conhecimento e todas as informações necessárias para localizar os melhores pontos para observar um dos fenômenos mais impressionantes da natureza. Marco lidera há anos expedições para diversos destinos em altas latitudes, sempre com o principal foco na busca pelas auroras, que ele já contemplou em todos os países do hemisfério norte.

Para esta experiência pela região do Ártico, podemos eleger os seguintes temas fotográficos como as principais oportunidades ao longo do roteiro:

  • A Aurora Boreal, sobretudo pela aventura de partir em busca do fenômeno e contar com a presença a bordo de um dos maiores especialistas brasileiros no assunto: Marco Brotto;
  • Paisagem cultural: casas coloridas, pesqueiros e pescadores, pequenos portos e estradas congeladas;
  • Paisagem geográfica: a imponência dos fiordes do norte da Noruega, as montanhas cobertas de neve e as praias congeladas com a textura das placas de gelo;
  • A floresta boreal congelada da Finlândia com seus pinheiros cobertos de neve;
  • A visita ao Cabo Norte, ponto extremo setentrional da Europa, no famoso Mar de Barents.

Marco Broto, nosso especialista em auroras, me apresentou todos esses lugares em janeiro desse ano. As fotografias que produzi na ocasião estão aqui na galeria – elas são todas dessa viagem. Foi um experiência emocionante que espero vivenciar novamente e na companhia de outros entusiastas da fotografia de natureza.


Luciano Candisani

Clique aqui e confira a Galeria completa de fotos

CONFIRA OS VALORES E CONDIÇÕES

Luciano Candisani

National Geographic

Se você aprecia a natureza e suas histórias, certamente será impactado por alguma foto produzida pelo olhar de Luciano Candisani. Uma de suas principais características do trabalho deste renomado fotógrafo, além de apurado rigor estético, é criar narrativas visuais e, com isso, oferecer uma importante informação documental a quem observa suas imagens.

Esse seu estilo, entre outras qualidades, como a determinação em busca da imagem ideal, rendeu alguns dos principais prêmios da fotografia no exterior e no Brasil, como o Wildlife Photographer of the Year, o Big Picture, o Prêmio Abril de Jornalismo, conquistado cinco vezes e, o prêmio de melhor fotógrafo de viagem pela revista Viagem e Turismo, este último concedido em 2017.

Além das premiações, várias de suas fotos retratando a biodiversidade foram publicadas nas páginas da conceituada revista National Geographic, tanto na edição brasileira como na americana, e entre outras versões pelo mundo afora. Algumas delas, inclusive, tornaram-se capas dessas publicações, alcançando grande prestígio internacional.

Candisani começou sua carreira fotografando expedições científicas no Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo – USP, onde cursou biologia. Sua primeira grande oportunidade profissional surgiu em 1996, quando foi convidado a integrar uma expedição de três meses para as ilhas Shetlands do Sul, na Antártica, com o objetivo de documentar a vida marinha sob o gelo. Logo após seu regresso a São Paulo publicou a sua primeira foto, a bela imagem de uma estrela marinha, registrada a 30 metros de profundidade, nas geladas águas da baía do Almirantado, próximo ao rochedo Napier, na Antártica, na capa da revista Globo Ciência (atualmente conhecida como Galileu).

Desde então, Candisani percorreu alguns dos lugares mais remotos do mundo com o objetivo de registrar imagens relacionadas à biodiversidade, à conservação ambiental e às populações tradicionais. Em 1998, passou sete meses a bordo do veleiro Aysoo em expedição à Patagônia e à Terra do Fogo. No Brasil, fotografou no Amazonas, nos Lençóis Maranhenses, no Atol das Rocas, em Fernando de Noronha, no Pantanal, entre tantas outras localidades. Também já esteve em diversos países da África e da Ásia sempre com o objetivo de criar impactantes narrativas visuais que, além da National Geographic, foram veiculadas em várias outras publicações, como Terra (já extinta), Superinteressante, Época, Veja, The Guardian, Geo, BBC Wildlife, entre outras.

O fotógrafo acredita que as imagens que faz pode ser uma importante ferramenta para despertar entre as pessoas a importância para a conservação de espécies e ambientes ameaçados e, em 2007, a relevância de seu trabalho para a fotografia e a conservação ambiental foi reconhecida com sua nomeação como membro da Internacional League of Conservation Photographers (ILCP), entidade que reúne alguns dos principais fotógrafos de natureza do mundo.

Candisani participou de inúmeras exposições individuais e coletivas em diversos países, foi ainda jurado em duas edições do prestigioso World Press Photo, em Amsterdã – o principal prêmio da fotografia do mundo – e também publicou alguns livros. Um deles, Pantanal, na Linha-d´Água, sob o selo da National Geographic, resultado de dois anos de viagens ao Pantanal, sendo que uma das imagens desse trabalho recebeu o primeiro prêmio em uma das categorias do conceituado Wildlife Photographer of the Year de 2012. E não para por aí, ele também pertence ao seleto coletivo “the photo society”, que reúne exclusivamente os fotógrafos da edição americana da National Geographic e, em março de 2018, estreará um filme sobre seu trabalho no National Geographic Chanel.

Todo esse conhecimento e experiência ele compartilha nas expedições fotográficas que lidera pela OneLapse, atuando como um catalisador e auxiliando os participantes a encontrarem seus próprios caminhos e a refletirem sobre os tipos de imagens que os emocionam e o que desejam registrar. Para isso, segundo o experiente fotógrafo, é importante que cada viajante leve um bom conhecimento do tema que será explorado na viagem, pois esse conhecimento será essencial para aguçar o entusiasmo e a motivação durante as expedições.

Clique aqui e saiba mais sobre o Fotógrafo.

DIA A DIA

LEGENDA

  Café da manhã incluído
  Almoço incluído
  Jantar incluído

DIA 1 | ALTA

Chegada ao aeroporto de Alta e traslado ao hotel para check-in e pernoite. Alta é a maior cidade no condado mais setentrional da Noruega e situa-se na região do fiorde Altafjord, um destino bastante recomendado como base para observação da Aurora Boreal, que acontece num período que estende-se de setembro até março.

DIA 2 | ALTA

Após o café da manhã, nos reuniremos com o fotógrafo Luciano Candisani e o caçador de auroras boreais Marco Brotto para um briefing detalhado sobre o dia a dia da viagem. Como o clima é fator determinante para um melhor aproveitamento da nossa jornada pela região, teremos também informações atualizadas que irão nos ajudar a definir algumas locações importantes nos próximos dias. Tarde livre para conhecermos um pouco mais da cidade antes da nossa primeira caçada à aurora boreal, praticando a fotografia noturna.

DIA 3 | ALTA – HETTA

Após o café da manhã, check-out e saída em direção a Lapônia Finlandesa, mais precisamente a região de Hetta, em busca das impressionantes cenas da floresta boreal congelada. Ficaremos hospedados bem próximos das locações para a fotografia, o que vai nos proporcionar maior flexibilidade de acordo com as condições do clima e luz. Poderemos aproveitar o final da tarde para fotografar, por exemplo, o pôr do sol no lago congelado com os belos pinheiros ao redor completando o cenário. À noite, poderemos planejar mais uma saída em busca de aurora boreal. Retorno ao hotel e pernoite.

DIA 4 | HETTA

Dia dedicado a fotografar os belos cenários congelados do lago e da floresta de pinheiros cobertas de neve nos arredores de Hetta. Os tons azulados da paisagem de inverno junto à natureza selvagem compõem cenas espetaculares a serem exploradas pelo grupo. À noite, se as condições permitirem, faremos uma nova saída para fotografia noturna com foco na aurora boreal.

DIA 5 | HETTA – HONNINGSVAG

Manhã livre para descanso e atividades individuais. À tarde, partiremos de volta a Noruega, em direção a Honningsvag, com paradas para fotografar as oportunidades que encontrarmos no caminho como, por exemplo, os imponentes fiordes, as montanhas nevadas, praias congeladas, a textura das placas de gelo, entre outras. Chegada ao hotel em Honningsvag para check-in e pernoite. A pequena cidade é a base ideal para explorarmos uma das regiões mais incríveis do país. Imagine um lugar no Extremo Norte, onde o Oceano Atlântico encontra o Oceano Ártico e suas águas gélidas se misturam. Esse lugar é Nordkapp, o Cabo Norte, em Finnmark Ocidental (Lapônia), no Norte da Noruega. Aqui, não há terra firme entre você e o Pólo Norte, com a exceção do arquipélago de Svalbard. À noite, faremos mais uma caçada à aurora boreal seguindo as condições meteorológicas. Retorno ao hotel para pernoite.

DIA 6 | HONNINGSVAG – NORTH CAPE

Manhã livre para descanso e atividades individuais. Em horário a definir, sairemos em direção ao ponto mais setentrional da Europa, o Cabo Norte, para explorarmos o local ainda à luz do dia. O penhasco de 300 metros acima das águas geladas do Mar da Noruega e do Mar de Barents proporciona uma vista impressionante. Teremos tempo suficiente para explorar os arredores, aproveitando as melhores oportunidades fotográficas do momento. Em seguida, partiremos para mais uma caçada à aurora boreal e fotografia noturna. Retorno ao hotel e pernoite.

DIA 7 | HONNINGSVAG

Manhã livre para descanso e atividades individuais. À tarde poderemos fotografar os coloridos vilarejos de pescadores da região, contrastando com a paisagem estéril. Entre algumas opções temos Skarsvåg, o vilarejo de pescadores mais isolado ao Norte no mundo; Kamøyvær que destaca-se pela galeria do Sol do Leste; enquanto Gjesvær garante visuais incríveis do arquipélago de Gjesværstappan. Mais tarde e de acordo com as condições climáticas, podemos escolher o local ideal para buscar as luzes do norte e praticar a fotografia noturna. Retorno ao hotel e pernoite.

DIA 8 | HONNINGSVAG – ALTA

Dia de retorno a Alta com algumas paradas para fotografarmos as belas paisagens pelo caminho. Chegada, check-in no hotel e tempo livre até a nossa visita a uma fazenda de renas, aonde poderemos conhecer um pouco mais sobre a relação secular do povo sami com esses incríveis animais, bem como poderemos fotografá-los à vontade. Se as condições climáticas permitirem, poderemos fechar a viagem com mais uma bela caçada à aurora boreal. Retorno ao hotel e pernoite.

DIA 9 | ALTA – EMBARQUE

Dia livre até o check-out. De acordo com o horário do voo, traslado até o aeroporto, de onde nos despediremos com ótimas recordações.

FIM DOS SERVIÇOS

GALERIA DE FOTOS

Fotos: Luciano Candisani. Todos os direitos reservados.

MAIS INFORMAÇÕES

   HOSPEDAGEM

ALTA: Hotel Scandic Alta
HETTA: Hetan Kota
HONNINGSVAG: Hotel Scandic Honningsvag

 

INCLUI

  • 08 noites de hospedagem com café da manhã em Alta e Honningsvag;
  • Transporte privativo ao grupo durante passeios, entre cidades e saídas para observação da Aurora Boreal;
  • Traslados de chegada e saída em Alta, nos horários indicados no momento da reserva (consulte-nos);
  • Entradas para passeios incluídos no roteiro;
  • Acompanhamento do fotógrafo Luciano Candisani e orientações sobre fotografia de acordo com o objetivo de cada participante;
  • Acompanhamento do especialista e caçador de auroras Marco Brotto;
  • Seguro viagem April – Plano Max 60 Mundo.

NÃO INCLUI

  • Passagens aéreas e taxas aeroportuárias;
  • Traslados de chegada e saída em Alta para horários de voos fora daqueles selecionados ao grupo no momento da confirmação da saída;
  • Early check-in e Late check-out;
  • Aluguel de roupas de inverno;
  • Refeições não incluídas no roteiro;
  • Equipamento fotográfico;
  • Despesas pessoais e gorjetas.

OBSERVAÇÕES DA VIAGEM:

  • Os preços estão em dólares americanos (US$) e por pessoa. A conversão para o Real levará em consideração o câmbio turismo no dia da confirmação do grupo, conforme cotação do Valor Econômico;
  • Para esta viagem, brasileiros necessitam de passaporte com validade mínima de 6 meses a partir da chegada a Noruega (não é necessário visto para brasileiros);
  • Por se tratar de um fenômeno natural, não podemos garantir a visualização da aurora boreal durante a viagem. No entanto, tudo foi planejado para maximizar as chances;
  • O roteiro previsto pode sofrer alterações durante a viagem devido às condições climáticas e/ou se o guia responsável considerar necessário, incluindo deslocamentos mais longos e de madrugada com o objetivo de observar as luzes do norte;
  • A acomodação em Hetta (2 noites) será em chalés construídos para receber famílias, ou seja, alguns deles contém 4 quartos privativos com 2 banheiros compartilhados. Distribuiremos os participantes do grupo de forma que haja, no máximo, a relação de 2 pessoas para cada banheiro;
  • Devido a época do ano, todos os participantes devem possuir vestuário adequado para temperaturas que podem chegar até -25C. Aqueles que não tiverem roupas adequadas poderão alugar um kit completo na cidade de Alta. Consulte-nos para mais informações.

 

EQUIPAMENTOS RECOMENDADOS

  • Câmera fotográfica com recurso para longa exposição
  • Cartões de memória
  • Tripé
  • Lentes de 17mm a 400mm
  • Filtro polarizador

* Em caso de dúvidas, clique aqui e veja nosso FAQ.

QUER SE INSCREVER OU TEM DÚVIDAS?

PARTE TERRESTRE – VALORES POR PESSOA

POR PESSOA EM ACOMODAÇÃO DUPLA:

US$ 4.490,00*

SUPLEMENTO VOLUNTÁRIO PARA ACOMODAÇÃO INDIVIDUAL: US$ 700,00

SINAL EM DEPÓSITO NO MOMENTO DA INSCRIÇÃO: R$ 2.500,00

DESCONTO AOS 6 (SEIS) PRIMEIROS INSCRITOS: R$ 700,00

FORMAS DE PAGAMENTO
  • À vista em depósito com 5% de desconto
  • 30% de entrada em depósito + saldo em até 4x sem juros no Visa/MasterCard

* Caso o grupo seja fechado sem cia para dividir a acomodação, será cobrado um suplemento involuntário no valor de US$350,00 72h antes do embarque.

** Esta viagem exige um número mínimo de 10 participantes para que o grupo seja confirmado. O sinal é uma garantia de inscrição e não é reembolsável em caso de desistência da viagem, bem como não é válido para troca de destino. A confirmação ou não da saída será feita até 31/10/18 ou antes, caso já tenhamos atingido o número mínimo de participantes (a saída normalmente é confirmada bem antes do prazo). Confirmando o grupo, o valor do sinal será abatido da entrada e caso o mesmo não seja confirmado, o valor será integralmente devolvido.

Voos Internacionais

Chegada a Alta no dia 16 de janeiro em qualquer horário com check-in a partir das 14h. Embarque de retorno no dia 24 de janeiro em qualquer horário com check-out às 12h (verifique as observações sobre traslados de chegada e saída).