(11) 2528-9181contato@onelapse.com.br

EXPEDIÇÃO PATAGÔNIA

/ EXPEDIÇÃO PATAGÔNIA

PATAGÔNIA – EL CALAFATE & TORRES DEL PAINE

por Cristiano Xavier

De volta a Patagônia! Após o sucesso do workshop de 2014, retornamos a esta maravilhosa região localizada no sul do Chile e Argentina. Nosso objetivo era percorrer os melhores pontos destes dois países num período de oito dias. Chegamos por El Calafate, na Argentina, mas logo em seguida nos dirigimos ao Chile numa viagem de cinco horas até o Parque Nacional Torres del Paine, nossa base para a primeira parte desta aventura.

Fotos: Cristiano Xavier. Todos os direitos reservados.

O hotel em Torres del Paine, composto por vários yurts entre a floresta, nos esperava com todo seu charme e a simpatia de seus funcionários. É sempre bom voltar a um lugar onde já somos conhecidos e rever as pessoas é sempre gratificante. Com todos já bem acomodados em seus quartos, tivemos um breve descanso antes de nos reunimos para traçar a logística de acordo com a previsão do tempo, que por muita sorte era das melhores em se tratando de Patagônia. Seriam cinco saídas fotográficas antes da nossa volta a Argentina. As paisagens daquele local são grandiosas e impressionam, mas contemplá-las sob uma luz perfeita é maravihoso, por isso a boa luz é sempre nosso objetivo e é através dela que definimos quais locais serão visitados e a que horas iremos fazê-lo.

Fotos: Cristiano Xavier. Todos os direitos reservados.

O tempo nosso primeiro dia seria o mais fechado e por isso escolhi locações que poderiam ser beneficiadas nessas condições, guardando para os próximos dias o melhor do local, visto que a qualidade da luz seria melhor. As árvores estavam mudando de cor por causa da chegada do outono, e na Patagônia isso acontece da parte mais alta das montanhas para a parte mais baixa dos vales. Lagos, praias, icebergs e as cores da vegetação preencheram nossas fotos durante três dias. Um dos locais que mais rendeu imagens foi um pequeno lago que nem nome tem. Encontramos este espelho d’água que fez toda a diferença e foi nele que as montanhas se refletiram quando o sol se foi.

Fotos: Cristiano Xavier. Todos os direitos reservados.

Na última manhã, um sistema de alta pressão previa o nascer do sol sem obstrução de nuvens e então decidi ver a luz do alvorecer pintando de vermelho os Cuernos del Paine. Depois de três idas a Patagônia, parecia que eu conseguiria este visual pela primeira vez. Dito e feito. O Paine Grande, parte mais alta do maciço, recebeu a luz vermelha que depois se espalhou pela paisagem. Fechamos com chave de ouro a parte chilena e pegamos a estrada de volta à Argentina.

Fotos: Cristiano Xavier. Todos os direitos reservados.

Atravessamos de volta ao país dos hermanos e nos hospedarmos numa legítima estância patagônica. Que lugar incrível! Foi possível conhecer o modo de vida e a cultura secular deste povo. Durante o dia percorremos a região e pudemos acompanhar o cordeiro assando lentamente para o jantar. Depois do delicioso cordeiro, finalizamos a noite com uma sessão de lightpainting nas carroças antigas que transportavam a lã das ovelhas muitas décadas atrás.

Fotos: Cristiano Xavier. Todos os direitos reservados.

Ainda faltava explorar o impressionante Perito Moreno. Acordamos cedo e começamos com um trekking sobre o imponente glaciar. Era o último dia e assim como todos os participantes, eu também estava cansado. O ritmo havia sido intenso. Visitamos o mirante que nos proporciona a visão frontal do glaciar antes de retornarmos a El Calafate, onde nosso guia preparou uma legítima parrilla argentina no nosso hotel para fecharmos com chave de ouro esta inesquecível viagem. Foi o melhor churrasco de todos que havíamos experimentado na região. Sendo assim, resolvemos incluí-lo no roteiro oficial para 2016. Até lá!

Fotos: Cristiano Xavier. Todos os direitos reservados.

BASTIDORES DA VIAGEM

Agradecemos os participantes pela cessão dos direitos de imagem para ilustração do dia-a-dia da expedição.

Fotos: Cristiano Xavier. Todos os direitos reservados.