BLOG

UM LUGAR ESPECIAL PARA INSPIRÁ-LO COM BELOS CENÁRIOS, CURIOSIDADES, EXPERIÊNCIAS DOS VIAJANTES, ALÉM DE DICAS E TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA COMPARTILHADAS PELOS RENOMADOS FOTÓGRAFOS DO NOSSO TIME.

Almoço com os monges budistas

21 maio 2018 | Por Ingrid Barreira

Adoro viajar. Sempre tive uma ânsia muito grande em conhecer novos lugares, novas civilizações e novos costumes.

Ter contato com outras culturas torna um pequeno momento algo inesquecível e essa foto retrata exatamente isso. Aconteceu nos arredores de Bagan, em Myanmar, em novembro de 2016. Estávamos em um seleto grupo, em um povoado onde normalmente não entram turistas, quando o fotógrafo Érico Hiller, que liderava a nossa expedição, solicitou ao guia que nos levasse a um local inusitado, algo típico daquela região.

Após caminharmos por algum tempo em uma área rural chegamos a um pequeno vilarejo com um mosteiro. Para nossa felicidade, quando entramos, os monges estavam almoçando e tivemos a oportunidade de presenciar esse belo momento. Descobrimos que, pela manhã, eles andam pela região recolhendo alimento ofertado pelos moradores e, depois que os preparam, servem a refeição em pequenas porções.

O mais impressionante é que depois do almoço, que deve ser servido antes das 12h, eles permanecem em jejum até a manhã seguinte. Estar ali, junto com eles, naquele instante, foi algo inesperado e surpreendente. E o ápice da experiência é que ao observar o ambiente com uma luz que entrava por duas janelas, uma de fundo e a outra lateral, consegui fazer um registro especial que mostra os monges em um momento bem particular, em total privacidade. Foi incrível!

Para mim, conseguir captar esta cena tão delicada e cheia de significado foi um dos pontos altos desta viagem. Para completar, me senti lisonjeada quando o próprio Érico Hiller me disse que eu havia conseguido a imagem que ele gostaria de ter feito. Sinto que essa experiência não teria se realizado se não fosse a organização da OneLapse. Já fiz onze viagens com a empresa para vários lugares, como Canadá, Namíbia, Tanzânia, Uganda, Islândia, Myanmar, entre muitos outros, e eles sempre proporcionam momentos inesquecíveis. Já fiz a minha inscrição para mais duas viagens este ano. A vivência e a experiência dos fotógrafos que lideram as expedições são sensacionais. São tantas técnicas, cuidados e histórias que sempre volto com vontade de decidir logo o próximo destino. Sou muito grata por vivenciar tudo isso nessas expedições.

Ingrid Barreira

Autor:

Ingrid Barreira

é procuradora do município de Fortaleza (CE). Iniciou há sete anos a fotografia como hobby, hoje está se profissionalizando. Em 2017 participou de uma exposição coletiva na Fototech, em São Paulo, ao lado de outros 20 fotógrafos, e duas exposições em Fortaleza, uma no Museu do Centro Dragão do Mar e a outra na Imagem Brasil Galeria. Já esteve em 32 países, colecionando experiências incríveis e vem aperfeiçoando seu olhar a cada nova viagem.

O QUE ACHOU? DEIXE SEU COMENTÁRIO: