BLOG

UM LUGAR ESPECIAL PARA INSPIRÁ-LO COM BELOS CENÁRIOS, CURIOSIDADES, EXPERIÊNCIAS DOS VIAJANTES, ALÉM DE DICAS E TÉCNICAS DE FOTOGRAFIA COMPARTILHADAS PELOS RENOMADOS FOTÓGRAFOS DO NOSSO TIME.

Beleza efêmera

21 maio 2018 | Por Flávia Della Santa

É difícil dissociar viagem de fotografia, para mim são assuntos que andam em paralelo.

Em 2016, tive a oportunidade de fazer uma viagem fantástica à Islândia, um lugar que reúne paisagens deslumbrantes e possibilitou o registro de imagens incríveis. Esta foto, por exemplo, foi feita em um cenário surreal, dentro de uma caverna de gelo. Quando se entra em uma caverna assim, a sensação de encantamento é inevitável.

Trata-se de uma linda estrutura temporária formada pelo derretimento do gelo glacial que impressiona pela força e pela diversidade de tons de azul que se intercalam formando desenhos e texturas em maciças camadas de gelo. É um cenário indiscutivelmente impactante, pois são estruturas únicas. Novas poderão se formar, mas nunca serão as mesmas. Uma beleza efêmera que, infelizmente, se desfez três dias após nossa visita. Pensar que somente quem esteve lá, durante este curto período de tempo, teve oportunidade de registrar esse visual único é um privilégio.

Um dos motivos da beleza dessa imagem reside no fato de que, no dia do registro, éramos o único grupo na caverna de gelo naquele momento. Pudemos fotografar em horário privilegiado e quando começaram a chegar turistas no local já tínhamos conseguido boas imagens e extasiantes momentos de contemplação. O ritmo de uma viagem que tem a fotografia como objetivo é particular, diferente das viagens de turismo convencionais. Buscamos capturar imagens únicas que, muitas vezes demandam longo tempo de espera para conseguir o melhor ângulo, a luz mais adequada, e um diferencial da OneLapse é esta preocupação com os horários propícios para isso. Com isso, nosso grupo pode contemplar com exclusividade esse cenário espetacular.

Foto: Flávia Dalla Santa. Todos os Direitos Reservados

A sintonia do grupo também é fundamental neste tipo de saída fotográfica, pois, neste dia, estávamos usando lentes grande-angulares e devido à grande amplitude de ângulo destas lentes, foi necessário nos posicionarmos em linha para não prejudicarmos as fotos uns dos outros, em uma espécie de “trabalho em equipe”, respeitando o limite de ângulo do fotógrafo ao lado. Cada um procurou o melhor enquadramento da cena, de acordo com a composição desejada, porém tínhamos esta limitação de mobilidade. Como a escala humana dá a dimensão do local, foi sugerido que nosso guia da OneLapse participasse como modelo, contribuindo na composição da foto, com o objetivo de mostrar esta proporção e deixar a imagem ainda mais impactante.

Este tipo de fotografia me atrai muito. Sempre tive também uma forte conexão com a água. Cachoeiras são elementos que me chamam muita atenção, e este também é um ponto forte da Islândia. Nesta expedição também pudemos fotografar cachoeiras deslumbrantes, como Skogafoss, em diversos horários, inclusive à noite, desenvolvendo este tipo de técnica.

Foi também muito gratificante ver que este registro da caverna teve destaque no Concurso Canon – Olhares Inspiradores, etapa Um Outro Lugar, edição de 2017, onde a foto ficou na quinta colocação entre 2.722 imagens inscritas. Foi uma experiência emocionante e surpreendente. Viajar podendo fotografar em locações incríveis, escolhendo o momento e a luz certa para cada clique, com um roteiro minuciosamente planejado e na companhia de fotógrafos experientes que inspiram e motivam o desenvolvimento do olhar fotográfico são diferenciais que hoje eu procuro e fico muito contente de ter vivenciado tudo isso.

Flávia Della Santa

Autor:

Flávia Della Santa

mora em Porto Alegre (RS). É arquiteta e urbanista, com especialização em arquitetura comercial e hospitalar. Começou a mergulhar em 1985 e em 2007 vieram os primeiros registros da biodiversidade marinha. Em 2017 conquistou o primeiro lugar no Ranking Nacional de Fotografia Subaquática e foi Campeã Brasileira de Fotografia Subaquática. Em junho do mesmo ano uma de suas fotos foi publicada na versão impressa da revista National Geographic Brasil. Para conhecer melhor seu trabalho acesse flaviadallasanta.com ou sua página no Instagram: @flaviadallasanta

O QUE ACHOU? DEIXE SEU COMENTÁRIO: