EXPEDIÇÕES FOTOGRÁFICAS EM DESTINOS FASCINANTES

Onde iniciantes e profissionais trocam experiências e evoluem na fotografia

Antes de um clique, mil pensamentos. Fotografar é entre várias coisas, congelar uma perspectiva no tempo e espaço. Nascida da curiosidade, a fotografia tem o poder de transmitir sentimento através do olhar, primeiro de quem fotografa, segundo de quem aprecia. Explore. Inspire. Capture. Nós levamos você. Roteiros planejados cuidadosamente para proporcionar as melhores experiências e as melhores imagens em companhia de renomados fotógrafos especialistas em cada tipo de situação.

  • Foi incrível, tudo deu certo aqui na Patagônia! É possível perceber a alegria e orgulho que o Cristiano Xavier tem ao perceber como cada um evolui com o seu trabalho.  Resumindo, valeu tanto pela parte técnica da viagem quanto pelo que aconteceu espontaneamente. Recomendo muito este tipo de experiência. Se eu pudesse, faria todas as expedições!

    André Figueiredo

    Publicitário - São Paulo/SP

  • Uma das coisas que mais gosto nos workshops é a união entre organização e participantes, o que proporciona uma grande integração tornando os dias e as saídas muito divertidas! Com a experiência adquirida nas primeiras edições, o meu aproveitamento está sendo muito maior. Evolui na técnica, no olhar, na ansiedade em tirar muitas fotos, no manuseio da câmera, etc.  Hoje sou um apaixonado por esta arte e pretendo aprender cada dia mais!

    Cleber Assis

    Empresário - Belo Horizonte/MG

  • Como já disse Ansel Adams "Não fazemos uma foto apenas com uma câmera; ao ato de fotografar trazemos todos os livros que lemos ,os filmes que vimos, a música que ouvimos, as pessoas que amamos.” E nada melhor que estar em um local inesquecível como a Patagônia, interagindo com pessoas em um mesmo objetivo e orientados por um excelente profissional (Cristiano Xavier) para que o seu melhor fôlego fotográfico se torne realidade!

    Liza Rey

    Fotógrafa - Belo Horizonte/MG

  • Ver a Aurora Boreal, a tal "Dama da Noite", dançando num céu infinitamente estrelado é como se fosse uma experiência espiritual: faz a gente pensar em muitas coisas e desejar que todos, um dia, tenham a oportunidade de viver esse deslumbramento. É como se a gente tivesse sido escolhido, sabe-se lá por quem, para estar ali, naquele momento, compondo aquele espetáculo. A minha viagem para a Islândia foi isso: eu me senti um privilegiado. Privilegiado por testemunhar a aurora boreal, por estar ao lado de pessoas incríveis e, claro, por ter tido a chance de conhecer e estar perto do Marco Brotto, o nosso Grande Urso, pessoa de técnica apuradíssima e – o que é ainda melhor – de uma gentileza e um coração tão sensacionais quanto a aurora que ele nos proporcionou enxergar. Obrigado, Marcão e toda a equipe, por esse grande presente!

    Rafael Oliveira

    Advogado - Salvador/BA

SEU OLHAR, SUA HISTÓRIA PELO MUNDO.